Home / Alemanha / Dia 5 – Legoland (Stuttgart e Ulm)

Dia 5 – Legoland (Stuttgart e Ulm)

Legoland Alemanha
Hoje é dia de acordar cedo para ir ao Legoland!!! Foi o dia mais esperado pela Ellerim, até mais que a Disneyland.
Já comprei a passagem pela internet, direto no site da Legoland. O preço regular de adulto comprando pela internet é 29,6 Euros, e infantil 26,25 Euros. Podem ser usados em qualquer dia durante o ano da compra, e você já pode comprar o estacionamento junto, por 6 Euros. Ainda tem opções de ticket para família, por 99 Euros para 4 pessoas e 119 Euros para 5 pessoas. Clique aqui para comprar ingressos!

A viagem foi tranquila, pouco mais de uma hora. Ficar perto da autoestrada tem vantagem quando vamos viajar pelos arredores.
endereço para GPS é LEGOLAND Allee, 89312 Günzburg, Bayern, Deutschland.
Entrada do Parque – foto oficial
Neste dia resolvemos nos separar, para a dona Ane poder conhecer um pouco mais da Alemanha. Ela e o Mauro nos deixaram no parque, e seguiram para Stuttgart, Ulm e mais uma cidadezinha, combinando de voltar à quatro da tarde para nos buscar.
O legal é que dá para ir de carro até a entrada do parque, sem precisar entrar no estacionamento. Bem na frente do parque tem uma área de embarque e desembarque.
Cenários de cidades, países e pontos turísticos feitos de Lego
A Ellerim já chegou super animada. Adorou o parque. No início eu fiquei preocupada que não teria o que fazer o dia inteiro, porque o parque parecia bem pequeno. Mas foi só uma impressão. O parque é bem grande, com muitas atrações.
Cenários Interativos feitos de Lego
No começo do parque tem as miniaturas dos países e pontos turísticos famosos da Alemanha e do mundo, tudo, claro, feito de lego. Tem bastante interação, com vários botões para apertar para movimentar os brinquedos (trens, carros, barcos, helicópteros, balões etc).
Tem ainda 3 labirintos com parquinho, super divertidos para a idade da Ellerim (onde ela passou a maior parte do dia). Tem um pirata. Outro é uma mistura de forte e acampamento de índios.
 Entrada do parquinho infantil Adventure Playground
 Ellerim se divertindo no labirinto
 Vista do Adventure Playgorund
 Adventure Playground Legoland
Aranha Gigante de Lego
O outro playground é bem legal também, mais moderno, no formato de um navio.
 Shipyard Playground
 Labirinto favorito da Ellerim!
 Brinquedos radicais ao fundo – Legoland
Para as crianças um pouco mais velhas tem vários brinquedos radicais, como montanhas russas com os carrinhos feitos de lego.
Uma das minhas partes favoritas é o local com os cenários da saga Guerra nas Estrelas. Amei.
Tem também uma fábrica de lego, super divertida. Aqui você pode comprar lego por peso.
Interior da Fábrica
No final, o parque é tão grande que conseguimos ver apenas a metade!
A única coisa que achei que teria e não tem são lugares para brincar com lego (como tem na loja lego de Downtown Disney).
Almoçamos num restaurante bem legal. Tem algumas opções de restaurantes, não precisam se preocupar com comida. E o parque tem ótimos banheiros.
Restaurante City Markthalle
Fomos também num passeio safari, cheio de animais de lego, e passeamos de trem.
 Passeio no Safari
 Safari de lego
Visão do Safari
É realmente um ótimo passeio para fazer com crianças na Europa. Vale à pena dar uma desviada dos programas culturais para liberar a energia da criançada.
Depois de brincar bastante (a Ellerim queria ficar a maior parte do tempo nos labirintos), às quatro horas, como combinado, fomos para a entrada do parque. O Mauro ainda não estava lá. Bom, eu nem tinha esperança que ele estivesse mesmo, porque o Mauro está sempre atrasado. Mas já liguei o walk talk para ficar antenada, e ficamos nas lojinhas perto da saída.
A cada 5 minutos eu ia até o portão dar uma verificada, tentava contato pelo walk talk e nada. Passou meia hora. Tudo bem. Uma hora… comecei a ficar chateada, mas ainda estava tranquila. Difícil foi convencer a Ellerim que não podíamos sair dali, porque ela queria voltar para os brinquedos.
Mas entramos em uma loja que tinha uma mesinha com legos. Ali passamos mais uma hora e nada.
Interior da loja na entrada do parque
Bom, com duas horas de atraso eu já estava apavorada né. Mas como o Mauro estava com celular, pensei, CLARO que ele vai ligar o celular e esperar eu telefonar. Liguei à cobrar (quase morri para descobrir como fazer com as instruções do orelhão em Alemão), e o telefone estava desligado.
Bom, agora sim eu fiquei preocupada. Então pensei, bom, se aconteceu alguma coisa ele vai ligar para a minha mãe para dar o recado, esperando que eu ligue para ela. Liguei para a mãe, mas ela não teve nenhuma notícia do Mauro (o bom é que aproveitei para xingar um monte).
Durante tudo isso eu tinha que ficar distraindo a Ellerim, e ficamos ali pela entrada do parque tirando fotos e brincando.
Família de Lego Entrada do parque
Cenário na entrada do parque Legoland
Daí pensei, ele deve ter esquecido o telefone da minha mãe… então deve ter ligado para o pai dele. O problema é que o pai do Mauro é apavorado. Se eu ligasse dizendo que o Mauro e da dona Ane saíram sozinhos pela estrada e estavam duas horas e meia atrasados seu Armando teria um infarto na hora. Bom, liguei para ele, fazendo de conta que estava tudo normal, dizendo que liguei porque a Ellerim queria falar ele (e a Ellerim falava do lado “eu não quero falar com o vô”). Que saia justa. O Mauro não tinha ligado para ele também, e eu desliguei fazendo que conta de estava bem tranquila.
Bom, quando eu já estava realmente desesperada, o parque fechando e eu decidindo se voltava para Munique de táxi ou trem (já imaginando em como iniciar as buscas pelos hospitais), com três horas de atraso aparecem as duas belezuras com o maior sorriso no rosto.
Nossa, eu estava tão braba, mas tão braba, que na hora já disse que não ia nem conversar para não brigar. Daí o Mauro começou a pedir desculpas, e disse que tinha congestionamento… daí eu tive que explodir né! 3 Horas de congestionamento na Alemanha?!?!?! Olha, se fosse na França, na Itália…. mas na Alemanha?!?!?! Faça-me o favor né! Poderia ter encontrado uma desculpa melhor.
Bom, enfim, eles não tinham se acidentado, nem morrido, ou sido raptados ou se perdido (algumas das minhas suposições enquanto eu esperava) e sim estavam tomando um café em uma linda cidadezinha próxima de Stuttgart.
E não, ele não pensou em ligar o celular, ou telefonar para a minha mãe ou para o pai dele. Na verdade ele não pensou em nada.
Mas como eu acho que não vale à pena ficar mal humorada em Euros, e como o problema já estava resolvido, logo começamos a falar sobre o nosso dia durante a viagem de volta, e já fui vendo as fotos que eles tiraram. Realmente, os dois visitaram lindos lugares, e foi um dia bem especial de mãe e filho.
 Dona Ane e Mauro em Ulm
 Cidadezinha próxima de Stuttgart
Mauro com os docinhos que comprou para me acalmar por causa do atraso
Uma coisa engraçada que comentamos neste dia é a falta de pudor dos Alemães. Acho isso muito legal.
No parque eu estava no banheiro feminino e apareceu um senhor de idade falando bem feliz “Guten Tag” e começou a limpar o banheiro comigo ali dentro. Mas pelo menos no banheiro feminino os vasos tem porta.
E com o Mauro, que estava fazendo pipi no mictório, e entrou uma senhora, cumprimentou e começou a limpeza sem a menor cerimônia, e o Mauro ali mesmo, com os instrumentos à mostra!
Ahhh esses alemões (como fala a Ellerim). Que povo interessante.

Para terminar o dia… bom comentar que as malas AINDA NÃO CHEGARAM!!!

About Karen

12 comments

  1. Oi Erika. A Legolando da Florida fica a aproximadamente uma hora de Orlando, e é um parque de dia inteiro. Ele é um parque lindo, que vale à pena. Mas numa primeira viagem só se passarem mais de 15 dias ou se a criança for apaixonada por Lego, porque são muitos parques para ver em Orlando, e maioria precisa de mais de um dia, então é uma pena perder os parques de Orlando, além de ser mais caro comprar um ingresso para um parque novo do que comprar dias múltiplos dos parques de Orlando. Mas o parque é muito legal sim! Beijos

  2. Oi Karen, como é a legoland em Orlando? Para criança de 5 anos vale a pena?… Precisa ser o dia todo? Quantas horas é suficiente?
    Bjs e obg.

  3. Karen… imagino vc desesperada com o Mauro sem dar notícias…. lembrou muito minha experiência em NY quando o Paulo me esqueceu.

    Que bom que foi um dia divertido…. mãe e filho de um lado e mãe e filha de outro.
    bjs querida

  4. Obrigadão Gisele! Espero você sempre por aqui!!! Beijos!

  5. É tão gostoso acompanhar o crescimento da Ellerim, ela está lindo. Adoro os seus relatos e também a parte de colocar a “mão na massa”. Beijos

  6. Oi Lilia!!!
    A Ellerim se divertiu muito mesmo. Foi uma viagem ousada para fazer com criança, mas como sempre, elas nos surpreendem né!
    Quanto as malas… aguarde o próximo capítulo, porque ainda não terminou a saga… ai ai rsrsrsrsrs

  7. rsrsrsrsrsr Eu também fiquei Alessandra!!! Eu amei a Legoland também… foi a nossa primeira visita. Imagino que a perto de Orlando talvez seja até mais legal!!! Beijos!

  8. Karen, estou me divertindo e muito com seus relatos.
    Com certeza a Ellerim se divertiu, dá pra ver pelas fotos.

    Homens sempre atrasam, teria acontecido a mesma coisa se fosse eu no seu lugar, marido também atrasaria.

    E as malas? Ainda não! Meu Deus, eu estaria já nervosa a essa hora
    Beijos
    Lilia

  9. Tudo bem Karen?
    Os meus filhos também adoram a Legoland da Flórida, a gente já vai bem mais tranquila não é? Lindas fotos no parque e as do Mauro tbm apesar de que eu me pus em seu lugar (o meu marido tbm me faz dessas) e fiquei morrendo de raiva rsss Um abraço
    Alessandra Haak

  10. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

  11. Lindo mesmo Kellen! Vale à pena visitar! Beijos!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Top