Home / Segurança

Segurança

Crianças perdidas na Disney!



Acho que o maior pesadelo de todos os pais é olhar para o lado e não encontrar seus filhos… pelo menos esse é o meu maior pesadelo! E em viagens então, o medo é maior ainda. Eu tenho simplesmente pavor de tirar os olhos da Ellerim mesmo por um minuto, ainda mais nos Estados Unidos, que ouvimos aquelas histórias horríveis de crianças sequestradas.


Por isso a Disney é mesmo o melhor destino para viajar com crianças.



Fiquei muito mais tranquila quando descobri que até hoje nunca uma criança foi sequestrada na Disney! Provavelmente porque a Disney tem câmeras escondidas em todo lugar.


E, como vocês devem imaginar, crianças se perdem o tempo inteiro na Disney. Eu mesma uma vez vi um menino sozinho chorando na terra do Mickey, e fui conversar com ele, que disse ter perdido o pai. Eu chamei uma vendedora de sorvetes, e na hora ela já veio, deu um sorvete do Mickey para o menino, e já avisou alguém no rádio. Um ou dois minutos depois o pai do menino apareceu desesperado (e aliviado).



Descobri então que a Disney tem todo um sistema para encontrar “pais perdidos”. Claro que é recomendável que a criança tenha alguma identificação com número de telefone (mas não de forma visível, por segurança).



Mas ainda que a criança não tenha identificação, todos os cast members estão preparados pra essa a situação. Eles acolhem a criança (normalmente já dão um sorvete ou um balão pra criança ficar calma). E imediatamente informam pelo sistema de rádio que há um pai perdido.



Por isso, a melhor coisa que um pai pode fazer quando se perder, é procurar imediatamente um cast member, que já vai entrar em contato com os outros, e pais e crianças são normalmente reunidos em minutos.


Mas se não conseguirem se encontrar logo, as crianças são levadas para lugares específicos em cada parque, que são os pontos de encontros dos pais perdidos (os baby care centers são sempre locais de encontro).


Em janeiro estava viajando sozinha com a  Ellerim, e meu medo era dobrado, claro. Estávamos no parquinho do “Querida Encolhi as Crianças” e ela sumiu dentro de um túnel. Na hora eu nem fui procurar. A primeira coisa que fiz foi me dirigir ao cast member que estava na entrada do parquinho (para o caso de ela tentar sair sozinha), e falei que tinha perdido minha filha. Ele nem se abalou, só perguntou o que ela estava vestindo, e disse que não a deixaria sair daquela área. Logo em seguida ela apareceu, morrendo de rir porque estava se escondendo de mim. Bom, eu não cheguei a ficar preocupada, porque sabia que era um lugar fechado, e graças a deus nunca passei pela experiência de ela sumir em lugar aberto. Em todos os casos, se isso acontecer dentro da Disney, não se desespere, apenas procure um cast member!



Em qualquer outro lugar do mundo, o melhor mesmo é que sempre um dos adultos fique responsável por não tirar os olhos da criança, em revezamento. Tem gente que consegue usar aquelas pulseiras, que prendem na mãe e na criança, ou até a mochila de ursinho, como uma coleirinha. Eu não sou contra não, acho que é muito melhor manter o filho “na coleira” do que correr qualquer risco de perder a criança, por menor que seja o risco. Mas nunca consegui colocar um ou outro na Ellerim. O bom é que ela passa a maior parte do tempo no carrinho, o que facilita bastante a nossa vida. Mas sempre vejo os pais correndo atrás das crianças que não param… bom, faz parte né! Ainda vamos sentir muitas saudades de tudo isso!

Top